Por Christina Lozano

Em 2006, eu  tive a  minha primeira aula de Kabbalah Universal.

Eu não estava inteiramente certa no que estava me  inscrevendo quando eu me registrei para o curso. Eu sabia que Madonna estudava  Kabbalah. A pulseira vermelha era tendência nesse tempo.

Gudni Gudnason, professor e diretor da Escola Moderna de Mistérios, estava vindo para Toronto e Kabbalah Universal estava no cronograma. Eu era nova na escola, e estava  querendo aprender qualquer coisa que chegasse em minhas mãos.

dreamstime_m_2805793-390x347Eu não sabia que naquele fim de semana iria iniciar algo que se tornaria uma parte significativa do trabalho da minha vida (mas quem saberia o que estava para acontecer). Tão grande e importante como esse tempo foi, apenas algumas coisas se destacam na minha memória sobre esse curso de dois dias. A principal coisa foi passar a maior parte do dia tentando responder a uma pergunta. Gudni tinha feito ao grupo uma pergunta, e nós tivemos que responder. Ficamos horas nesta questão e não parecia que obteríamos  a resposta certa.

Ficamos dando voltas e voltas em círculos. As respostas dadas pelo grupo só levaram a mais perguntas. Nós seguimos em profunda conversa sobre assuntos e conceitos paralelos à pergunta original.

Fomos levados em uma jornada. Colinas e vales, altos e baixos. Chegando mais perto e mais perto da resposta, só para de repente sermos desviados de novo e de novo, mais e mais fora da pista. Muitas cabeças estavam girando. Frustrações cresceram, tivemos momentos de a-ha e mentes estavam esgotadas.

Finalmente, no final do dia, a resposta foi descoberta e como luzes cintilantes os olhos de todos brilhavam na revelação. Gudni iniciou um ensino mais profundo sobre a resposta: um novo conceito, uma semente de sabedoria antiga que a Árvore da Vida havia mantido próxima dentro de si.

Mentes estavam esgotadas, cérebros estavam fritos. Foi um grande dia.

Saí exultante. Fascinada pela resposta. Eu estava tão animada com isto, eu queria dizer a todos. Lembro-me de dizer a uma amiga sobre a experiência. Meu relato  foi algo como:

“Ele fez esta pergunta. Esta foi a pergunta, e esta foi a resposta! Não é incrível?!?! “

Eu nunca vou esquecer a expressão no rosto de minha amiga, confusa, sem interesse. Ela respondeu com: “Então, é sobre isto a Kabbalah ?”

Sua pergunta me assombrou por meses (na verdade anos) . Sobre o que é a kabbalah? E por que ela não estava tão impressionada com essa pergunta e resposta como eu estava?

Bem, aqui está uma coisa sobre Kabbalah. Não é necessariamente sobre o ensinamento. Não é necessariamente sobre a aprendizagem – não aprendizagem da maneira convencional que a maioria das pessoas estão acostumadas a partir de nossos sistemas de ensino: Um mais um é igual a dois, fatos são fatos, a aplicação é a aplicação.

árvoreNa Kabbalah Universal nós aprendemos  uma nova maneira de aprender. Nós aprendemos a desfazer a aprendizagem, a programação e os padrões que sustentam as nossas mentes em sua capacidade limitada.

Aprendemos sobre as coisas que nos impedem, ficamos cara a cara com os nossos medos e feridas, e depois olhamos para o que precisa ser curado dentro de nós mesmos, e como podemos curá-lo. Fazemos isso aprendendo a fazer perguntas – as perguntas certas para obter a resposta certa.

Em meus anos de estudo de Kabbalah eu descobri rapidamente que minhas experiências favoritas estavam em cursos onde eu sai com mais perguntas do que eu entrei. Quando fazemos  perguntas isso significa algo. E este algo é muito importante. Isso significa que há algo que não sabemos.

Em um mundo onde todas as informações no universo estão nas pontas dos dedos, vivendo em uma sociedade onde conhecimento é equiparado ao poder, dizer que não sabemos algo nem sempre é a coisa mais fácil de fazer.

Então, se fazer perguntas significa que não sabemos alguma coisa, qual é o assunto que provavelmente sabemos menos?

O assunto mais misterioso do planeta?

O assunto que muda tão rápido que é quase impossível manter-se?

…..Nós mesmos.

Nós podemos procurar no Google respostas a praticamente tudo o mais que poderíamos querer saber. Podemos buscar especialistas na área. Podemos ir a médicos, professores e profissionais qualificados em suas áreas. No entanto, ninguém, nenhum motor de busca, nenhum especialista pode ajudá-lo a responder a estas perguntas:

Quem sou eu?

O que eu sou?

De onde eu vim?

Para onde vou?

Qual é o meu propósito?

A Kabbalah lhe ajuda a aprender sobre você. Talvez de uma maneira que você ainda não tenha considerado antes.

O programa de estudo e ascensão de 10 meses da Kabbalah Universal não tem a pretensão de ser melhor do que outras escolas de kabbalah. Não professa ser o único caminho, nem reivindica propriedade sobre o assunto na Kabbalah como um todo. A kabbalah Universal é uma tradição da Escola de Mistérios que capacita o indivíduo a encontrar as próprias respostas sobre si mesmo; para a busca do sempre esquivo “Conheça a Ti Mesmo”; para desenvolver a sua própria conexão profunda e original com o divino; e viver finalmente o verdadeiro propósito de sua alma com uma vida de alegria, paz e realização.

Eu finalmente vim a perceber que, todos os anos, quando a minha amiga não entendeu o meu entusiasmo sobre a pergunta e resposta recebida, era porque ela não estava fazendo as mesmas perguntas. Ela não estava buscando nesse momento. Eu não poderia impor o conhecimento sobre ela – ela tinha que fazer as perguntas certas para obter essas respostas certas. Mas ela teria que fazê-lo por si mesma. Ela tem que querer isso. (Eu ainda tenho  a esperança de que um dia ela possa considerar fazer o programa kabbalah Universal).

Após todos esses anos, eu estou treinando para me tornar uma instrutora de Kabbalah. Estou em êxtase de começar a viagem para levar os outros através desta montanha-russa indescritível. A montanha-russa de busca da alma, alucinante, limpeza de bagagem, libertação da mente, cura emocional e um processo motivacional inspirador para se tornar a pessoa que eles  realmente pretendem ser: vivendo em alinhamento com seu propósito de vida.

Eu sou humilde e honrada em guardar lugar para o grupo de indivíduos prontos para fazer as perguntas certas e descobrir as respostas certas. O assunto mais importante que você vai aprender em sua vida é sobre você. E é o único que realmente importa.

Clique aqui para saber mais sobre o curso de Kabbalah da Escola Moderna de Mistérios.