michael

About eric

This author has not yet filled in any details.
So far eric has created 63 entries.

The Matrix of the Cannabis User

Jakzam Kaiser
When we talk about the Matrix, we refer to the reality – or to the system – that surrounds us. It involves our home and our routine, school, work, church, club, family, friends, boyfriends, colleagues, teachers, neighbors, what we like or do not like. The Matrix is ​​everything we perceive around us.
When we talk about getting out of the Matrix, we are talking about expanding our consciousness and perceiving other realities – or changing our state of consciousness beyond the Matrix. This means having access to dimensions that are inaccessible when we are in the “normal mode,” and for that we need to increase our vibration to align with the frequency of these other “layers of reality.”
It is common for marijuana smokers to say that they are in another vibe and feel out of the Matrix, or out of the system, in misalignment with the dominant status quo.
Is it really that?
How many times have you spent much of the day locked in the room smoking a joint without interacting with the family? Or maybe you have managed not to go to your grandparents or those uncles who live in a city where you can not smoke a cigar, why do you prefer to stay in your house, where you can smoke or go out with your friends? Or just walk around with your crew, where everyone smokes, and you stop meeting new people because they’re squares? Certainly you have experienced something like these.
When this happens, are you out of the Matrix? Or, instead, are you setting limits to a full and complete experience of the Matrix?
What happens, in general, is that cannabis user wear clothes referring to cannabis, listen to music, read books […]

A Matrix dos Maconheiros

Por Jakzam Kaiser Quando falamos em Matrix, fazemos referência à realidade – ou ao sistema – que nos cerca. Envolve nossa casa e nossa rotina, escola, trabalho, igreja, clube, familiares, amigos, namorados, colegas, professores, vizinhos, o que gostamos ou não. Matrix é tudo que percebemos a nossa volta.

Por |junho 21st, 2018|Artigos|0 Comentários|

Surrender to the Creator!

by Jakzam Kaiser
It is impossible to be happy without accepting the simple and obvious truth that there is a creator in the universe.
While this acceptance does not happen, a piece is always missing to complete the puzzle.
Without this piece, life has no meaning.
And the lack of meaning generates emptiness of meaning, restlessness and dissatisfaction.
Nothing in the world is by chance.
Everything that existed, exists and will exist was created, first, in someone’s imagination.
The idea that the universe is the result of a casual combination is unsustainable.
Science claims that creation originated in the Big Bang.
It only makes sense that the creator was there before and teased him.
Simple like this: there is a creator of the universe, someone whose powers are incomprehensible and unattainable to us in our stage of evolution.
One of the secrets of happiness, perhaps the greatest of them, is to accept their existence and the impossibility of explaining it.
To accept that creation is such a beautiful, perfect and good work that it can only have been done by a beautiful, perfect and good creature.
And because it is inexplicable, it is a miracle.
The greatest sin of humans is to deny the creator’s existence.
By denying it, humans move away from all that is beautiful, good and perfect.
Wars, corruption, violence, hunger and misery are a creation of men in a state of disconnection with their creator.
The healing of the planet depends on human beings meeting with their creator, within themselves, each in his own way.
The world will be so much better the greater the number of people who surrender to this truth.
NAMASTÊ!
www.modernmysteryschoolint.com

Renda-se ao Criador!

por Jakzam Kaiser
É impossível ser feliz sem aceitar a verdade, simples e óbvia, de que existe um criador no universo.
Enquanto essa aceitação não acontece, sempre falta uma peça para completar o quebra-cabeça.
Sem esta peça, a vida não tem sentido.
E a falta de sentido gera vazio de significado, inquietude e insatisfação.
Nada no mundo é por acaso.
Tudo que existiu, existe e existirá foi criado, primeiro, na imaginação de alguém.
A ideia de que o universo é resultado de uma combinação casual é insustentável.
A ciência afirma que a criação se originou no Big Bang.
Isso só faz sentido imaginando que o criador estava lá antes e o provocou.
Simples assim: existe um criador do universo, alguém cujos poderes são incompreensíveis e inalcançáveis para nós em nosso estágio de evolução.
Um dos segredos da felicidade, talvez o maior deles, é aceitar sua existência e a impossibilidade de explicá-lo.
Aceitar que a criação é uma obra tão bela, perfeita e boa que só pode ter sido feita por uma criatura bela, perfeita e boa.
E, por ser inexplicável, é um milagre.
O maior pecado dos humanos é negar a existência do criador.
Ao negá-lo, os humanos afastam-se de tudo que é belo, bom e perfeito.
As guerras, a corrupção, a violência, a fome e a miséria são uma criação dos homens num estado de desconexão com seu criador.
A cura do planeta depende dos seres humanos se reencontrarem com seu criador, dentro de si mesmos, cada um do seu jeito.
O mundo será tão melhor quanto maior for o número de pessoas que se renderem a esta verdade.
NAMASTÊ!
www.modernmysteryschoolint.com

Por |junho 21st, 2018|Artigos|0 Comentários|

Is it Enough to be a Good Person?

By Eric Thompson
The way to approach God (Creator) is sometimes long, difficult and laborious.
We often think that being a good person is enough, that serving soup to the poor,
or doing charitable actions is enough for a strong spiritual connection.
However, the comfort zone does not keep us connected with the Light.
Kabbalah teaches us that we can only know God, the creator, or ourselves by self-knowledge,
by looking within ourselves, by our transformation into who we really are.
“We are progressing or we are regressing.”
Evolving or moving away from her.
An athlete who stops training, atrophy. He can not speak “now I will stop
training and maintain my training level or form.” He needs to keep growing and evolving.
Every transformation is outside our comfort zone. There is no growth inside the comfort zone.
We have to leave this comfort zone to discover our strengths and weaknesses.
It is not possible to remain the same and transform at the same time.
Our job is not to be a good person or spiritual being,
but to accomplish our mission or the “Great Work”.
And to accomplish this we have to look at the dark places with a flashlight and see what is
impeding our Light and accomplishment of our mission; not to ignore or
deny these weaknesses but to transform them. To do this we need to look inside.
And it hurts sometimes. It is easier to point the finger at others and not take responsibility.
But did not I come here to this Earth to be a good person and treat people like I want to be treated?
Of course this is important. We should do that. But for me to know myself, I need to grow and evolve.
For example, a person defending human rights performs many acts of […]

Basta Ser uma Boa Pessoa?

Por Eric Thompson

O caminho para se aproximar de Deus (Criador) é às vezes longo, difícil e trabalhoso.
Muitas vezes pensamos que ser uma boa pessoa é bastante, que servir sopa aos pobres, ou fazer ações de caridade são o bastante para uma forte conexão espiritual. Porém, a zona de conforto não nos mantêm conectados com a Luz.
A Kabbalah nos ensina que só podemos conhecer a Deus, o criador, ou a nós mesmos por meio do auto-conhecimento, do olhar para dentro de nós, de nossa transformação em quem realmente somos.
” Estamos progredindo ou estamos regredindo.” Evoluindo ou nos afastando dela.
Um atleta que pára de treinar, atrofia. Ele não pode falar “agora vou parar de treinar e manter meu nível de treino ou forma.” Ele precisa continuar crescendo e evoluindo.
Toda transformação está fora da nossa zona de conforto. Não existe crescimento dentro da zona de conforto. Temos que sair dessa zona de conforto para descobrir nossas forças e fraquezas. Não é possível permanecer igual e transformar ao mesmo tempo.
Nosso trabalho não é ser uma boa pessoa ou ser espiritual, mas sim realizar a nossa missão ou a “Grande Obra”. E para realizar isso temos que olhar para os lugares escuros com uma lanterna e enxergar o que está impedindo a nossa Luz e realização da nossa missão; não ignorar ou negar essas fraquezas mas transformá-las. Para fazer isso precisamos olhar para dentro. E isso dói às vezes. É mais fácil apontar o dedo para outros e não assumir a responsabilidade.
Mas eu não vim aqui para esta Terra para ser uma boa pessoa e tratar as pessoas como quero ser tratado?
Claro que isso é importante. Devemos fazer isso sim. Mas para eu me conhecer, eu preciso crescer e evoluir. Por exemplo, uma pessoa que defende direitos humanos, realiza […]

Por |junho 20th, 2018|Artigos|0 Comentários|

Stay Well Despite the “Crisis”

By Eric Thompson
It seems that you can not have a day without hearing a comment, an observation,
a report or an article highlighting the political crisis in Brazil.
How can we maintain a positive attitude during difficult times?
I remember when I lived in the US during the economic crisis.
Everyone began to despair of the bursting of the real estate bubble.
The loss in the houses financed reached more than 50% of their values.
People close to me have been hit.
In every corner had house for sale for half the value.
The people went into despair.
The logic was that everything was getting worse and I should feel bad too.
But I got into this?
Do not.
I was positive.
Because?
What can I change, getting worried, anxious or nervous?
Anything.
Complaining or feeling anxiety does not lead me to anything.
Remember: where we focus our energy, it expands.
We attract more than we think,  talk and  listen. When I focus on fear,
I am more afraid, and find more reason to be fearful.
It is a bottomless downward spiral until I consciously and proactively stop
this pattern and deliberately choose to focus on something more productive and
conducive to my well-being.
First, recognize that there are many things beyond our control;
the climate, the past, other people and the economy.
Anxiety, worry and fear usually come when we focus on these external things that we can not control.
Remember the last time you were really worried or nervous about something.
What were you focused on? Was it something external that was beyond your control?
Second, recognize that we have choices.
We always have choices. We may feel that we do not have a choice because we do not want to face the options – our pride and ego being wounded.
There is only one thing we definitely have control over: the […]

Fique bem apesar da “Crise”

Por Eric Thompson

Parece que você não pode ter um dia sequer sem ouvir um comentário,
uma observação, um relatório ou um artigo destacando a crise política no Brasil.
Como podemos manter uma atitude positiva durante tempos difíceis?
Eu me lembro quando morava nos EUA durante a crise econômica.
Todos começaram a se desesperar com o estouro da bolha imobiliária.
A perda nas casas financiadas chegou a mais de 50% de seus valores.
Pessoas próximas a mim foram atingidas.
Em cada esquina tinha casa à venda pela metade do valor. O povo entrou em desespero.
A lógica era que estava tudo piorando e eu deveria me sentir mal também.
Mas entrei nessa?
Não.
Eu fiquei positivo.
Porquê?
O que eu posso mudar, ficando preocupado, ansioso ou nervoso? Nada.
Reclamar ou sentir ansiedade, não me leva a nada.
Lembre-se: onde focamos nossa energia, aquilo expande. Atraímos mais do que pensamos, falamos e escutamos.
Quando eu me concentro no medo, sinto mais medo, e encontro mais razões para ficar temeroso.
É uma espiral descendente e sem fundo, até que eu, conscientemente e de forma proativa,
interrompo esse padrão e deliberadamente opto por me concentrar em outra coisa mais produtiva e propícia para o meu bem-estar.
Em primeiro lugar, reconheça que há muitas coisas fora de nosso controle;
o clima, o passado, outras pessoas e a economia.
Ansiedade, preocupação e medo geralmente vêm quando nos concentramos sobre essas coisas externas que não podemos controlar.
Lembre-se da última vez que estava realmente preocupado ou nervoso com alguma coisa.
Em que você estava focado ? Foi algo externo que estava além de seu controle?
Em segundo lugar, reconheça que nós temos escolhas.
Nós sempre temos escolhas. Podemos sentir que não temos uma escolha,
porque não queremos enfrentar as opções – o nosso orgulho e ego sendo feridos.
Há somente uma coisa sobre a qual definitivamente temos controle: 
o significado […]

Por |junho 19th, 2018|Artigos|0 Comentários|

Cadastro Cura à Distância – Centelha da Vida

Cura à Distância – Centelha da Vida
Escolha a forma de pagamento:
1. Pagseguro (parcelamento em até 4x se juros)
Clique aqui
2. Depósito em conta:
Valor: R$380
Escola Moderna de Mistérios Ltda ME
Banco do Brasil
ag. 3185-2
conta corrente: 22712-9
CNPJ: 19.784.845/0001-43
* Favor enviar o comprovante para: [email protected]
 

 

Viva Levemente!

Por Christina Lozano
DEIXE O SOL ENTRAR
Embora existam muitas informações sobre os raios UV nocivos do sol penetrando a pele e causando problemas de saúde para as pessoas, o poder de cura da Luz do Sol ainda existe. As plantas ainda cresceriam em direção ao sol? Permita que a luz do sol faça exatamente o que quer fazer: iluminar os cantos escuros e levar a luz o mais longe possível. Abra as cortinas em sua casa, permita que a luz para brilhe em cada sala. Esta luz irá purificar a energia estagnada e fazer o seu espaço de vida ou de trabalho vibrar com a vida e a luz!
LAVANDA PARA A VIDA
Para tensão, estresse ou dores de cabeça, tente óleo essencial de lavanda. Utilize um óleo de terapêutico de qualidade , para que possa ser colocado com segurança sobre a pele.
LEITURA
Ler (algo diferente de seus e-mails e navegar na web) pelo menos 20 minutos por dia estimula partes do cérebro necessárias para a função intelectual. É fato que as pessoas que leem mais escrevem melhor do que seus amigos não leitores, têm uma memória melhor e têm menos chance de desenvolver distúrbios degenerativos da função cerebral, como a doença de Alzheimer, em sua velhice. Felizmente na Escola Moderna de Mistérios, temos uma extensa lista de leitura, que levará muito mais do que 20 minutos por dia!
SIGA VERDE
Isto não significa apenas envolver-se em atividades eco-friendly como reciclagem ou andar de bicicleta para o trabalho, mas também introduzir mais coisas VERDES em sua vida – mais plantas em sua casa para produzir oxigênio, filtrar o ar e fazer seu espaço se sentir vivo. Mais vegetais e folhas verdes em sua dieta irá aumentar a produção de anti-oxidantes e fornecerá todas […]

Por |março 31st, 2017|Artigos|0 Comentários|